Publicidade


De acordo com Jankowicz, a ideia é que essas personalidades influentes possam “adicionar contextos a certos tweets”.

De acordo com Jankowicz, a ideia é que essas personalidades influentes possam “adicionar contextos a certos tweets”.| Foto: Divulgação Twitter

A diretora do “Ministério da Verdade” do presidente americano, Joe Biden, Nina Jankowicz, sugeriu nesta quarta-feira (11) que “pessoas verificadas” (aquelas com selo azul de autenticação de pessoas na rede social) possam editar publicações de outros usuários.

De acordo com Jankowicz, a ideia é que essas personalidades influentes possam “adicionar contextos a certos tuítes” para “as pessoas terem uma ideia maior sobre os acontecimentos, em vez de apenas um ponto de vista pessoal”. A opinião da diretora gerou polêmica na rede social.

O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos criou o Conselho de Governança da Desinformação, para definir o que é verdadeiro e o que é falso na internet. O novo órgão do governo Joe Biden tem sido apontado como uma espécie de “Ministério da Verdade”, em referência ao clássico “1984”, de George Orwell, e foi criado logo após a compra do Twitter por Elon Musk.

Fonte: Gazeta do Povo

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSO CONTEÚDO

O Portal Notícias BH utiliza algoritimos modernos e inteligentes que vasculham a internet, filtram e integram os melhores conteúdos em formato de postagens, possibilitando assim o acesso rápido e preciso as melhores e mais recentes notícias sobre a cidade de Belo Horizonte e os principais assuntos em destaque na internet.

Publicidade