Publicidade


João Doria

O ex-governador de São Paulo, João Doria| Foto: Divulgação/ Governo do Estado de SP

João Doria, pré-candidato do PSDB à Presidência da República, afirmou em carta enviada neste sábado (14) ao presidente nacional do partido, Bruno Araújo, que a decisão de contratar um instituto de pesquisa para averiguar quem é o candidato à Presidência mais adequado para a terceira via é uma “tentativa de golpe” contra sua candidatura ao Palácio do Planalto. A informação é da CNN.

“Apesar de termos vencido legitimamente as prévias, as tentativas de golpe continuaram acontecendo”, diz Doria no documento, de acordo com a CNN. Em reação à carta, Araújo convocou para terça-feira (17) uma reunião da Executiva Nacional do PSDB, com a presença das bancadas tucanas no Congresso. Para Doria, qualquer decisão diferente daquela tomada nas prévias da sigla, que o escolheram como o nome tucano para a disputa à Presidência, poderá ser qualificada como “tapetão”.

O levantamento a que Doria faz referência na carta será feito pelo Instituto Guimarães Pesquisa e Planejamento. O objetivo é definir com base em critérios quantitativos e qualitativos quem seria o candidato com maior chance de dar a vitória para a terceira via na disputa à Presidência. “As desculpas para isso são as mais estapafúrdias, como, por exemplo, a de que estaríamos mal colocados nas pesquisas de opinião pública e com altos índices de rejeição, cinco meses antes do pleito. Pesquisas de opinião refletem o momento e não podem servir de guia único para o voto do eleitor, muito menos podem servir para guiar os destinos do partido na eleição”, escreve Doria na carta.

Fonte: Gazeta do Povo

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSO CONTEÚDO

O Portal Notícias BH utiliza algoritimos modernos e inteligentes que vasculham a internet, filtram e integram os melhores conteúdos em formato de postagens, possibilitando assim o acesso rápido e preciso as melhores e mais recentes notícias sobre a cidade de Belo Horizonte e os principais assuntos em destaque na internet.

Publicidade