Destaques: Fluminense e Flamengo ficam na igualdade no 1º duelo da decisão

Destaques: Fluminense e Flamengo ficam na igualdade no 1º duelo da decisão

Tricolor e rubro-negro fizeram um jogo ríspido, que terminou empatado em 1 a 1, no Marcanã

Tudo igual no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca. Fluminense e Flamengo empataram por 1 a 1, neste sábado à noite, no Maracanã, e agora vão para o segundo jogo, no sábado que vem, às 21h, nas mesmas condições. Quem vencer ficar com o título e nova igualdade leva a decisão para os pênaltis.

O clima foi um pouco diferente nesta época de pandemia, pois cada clube pôde levar 150 convidados, que fizeram bastante barulho, agitaram o ambiente e reclamaram do juiz em praticamente todas as faltas registradas.

O primeiro tempo foi de total domínio do Flamengo, que chegou por várias vezes a colocar os dez jogadores de linha no campo adversário. Já o Fluminense não tinha forças nem para os contra-ataques. Apesar de pressionar por todo o tempo, o time de Rogério Ceni pouco conseguiu entrar na área tricolor.

O jogo foi bastante disputado no meio-campo e várias faltas foram feitas, proporcionando cinco certões amarelos nos primeiros 45 minutos. Todos os lances foram muito catimbados principalmente pelos veteranos Fred, Nenê e Diego.

Bruno Henrique, aos sete minutos errou o alvo. Esta foi a única chance do jogo até os 18 minutos, quando Egídio cometeu pênalti infantil em Gerson. O juiz, mal colocado, precisou da intervenção do VAR, pois havia marcado falta fora da área. Gabriel Barbosa, mais uma vez, cobrou com categoria e abriu o placar. Foi o sexto gol do artilheiro no Carioca e o gol 50 no Maracanã.

Com a vantagem, o Flamengo diminuiu um pouco o ritmo, mas nem assim o Fluminense chegou a incomodar o goleiro Gabriel Batista. Já Marcos Felipe teve de trabalhar em uma finalização de Arrascaeta e ainda torcer para a bola ir para fora em outra jogada individual do uruguaio.

No fim da primeira etapa, por pouco o Flamengo não foi castigado por dominar tanto e perder boas chances de ampliar a vantagem, quando Fred, sozinho na área, furou e perdeu a oportunidade de empatar a partida.

Depois de ver o Flamengo jogar na primeira etapa, o Fluminense voltou com Cazares no lugar de Nenê e mais animado no ataque. Com isso, criou algumas chances, mas viu o adversário também continuar perigoso. Calegari e Fred quase empataram, mas Gabriel e Bruno Henrique também quase ampliaram.

O jogo seguiu nervoso, com muitas faltas ríspidas, que valeram novos cartões amarelos. O Fluminense se acertou na partida e conseguiu o empate, aos 31 minutos, com o uruguaio Abel Hernández, após falha da zaga do Flamengo.

Daí até o final a disputa ficou emocionante e aberta. Luiz Henrique teve toda a chance para colocar o Fluminense em vantagem, enquanto Vitinho quase acertou o ângulo de Marcos Felipe. O empate persistiu e foi o mais justo.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 X 1 FLAMENGO

FLUMINENSE – Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe e Nenê (Cazares); Gabriel Teixeira (Caio Paulista), Fred (Abel Hernández) e Kayky (Luiz Henrique). Técnico: Roger Machado.

FLAMENGO – Gabriel Batista; Isla (Matheuzinho), Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Diego (Gomes), Gerson, Everton Ribeiro (Vitinho) e Arrascaeta; Bruno Henrique (Pedro) e Gabriel Técnico: Rogério Ceni.

GOLS – Gabriel Barbosa, aos 18 minutos do primeiro tempo. Abel aos 31 do segundo tempo.

ÁRBITRO – Alexandre Vargas Tavares de Jesus.

CARTÕES AMARELOS – Fred, Gabriel Teixeira, Yago Felipe, Gabriel Barbosa, Isla, Luiz Henrique, Calegari, Rodrigo Caio.

LOCAL – Maracanã, no Rio.

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Fonte: Jornal Super / O tempo

CATEGORIAS
TAGS

COMMENTS

Wordpress (0)
Enable Notifications    OK No thanks