Destaques: Motoristas, cobradores, metroviários e trabalhadores da limpeza são vacinados

Destaques: Motoristas, cobradores, metroviários e trabalhadores da limpeza são vacinados

Primeiro dia de vacinação dos trabalhadores do transporte público e da limpeza urbana registra pequenas filas nos postos, mas sem lentidão

Começou nesta quinta-feira a vacinação contra a Covid-19 para os trabalhadores do transporte coletivo de passageiros nos postos de vacinação de Belo Horizonte. Como de costume no inicio da vacinação de novas faixas etárias ou categorias de trabalho, a movimentação maior se concentrou na parte da manhã, com o registro de pequenas filas. Já quem optou por procurar os postos de imunização no começo da tarde não teve que enfrentar fila.

Além de motoristas, cobradores, metroviários e ferroviários, também foi aberta a vacinação para os funcionários da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos. No total, cerca de 10 mil pessoas fazem parte destes grupos. De acordo com a prefeitura, a estimativa é que sejam cerca de 4.200 trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros e cerca de 1.800 do transporte metroviário e ferroviário.

A metroviária Camila Maira Brito Cristeli trabalha nas estações de embarque de passageiros e contou que sentiu muito alívio ao ser vacinada. “É um momento muito esperado por todo mundo e graças a Deus chegou minha vez, agora sigo na torcida para que a imunização chegue para todo mundo”. Ela conta que por ser um trabalho com muito contato com o público chegou a perder companheiros de trabalho para a doença e que por isso, mesmo vacinada com a primeira dose, é importante manter os cuidados. “Até porque nós sabemos que apenas 20% da população teve acesso à vacina”, explicou.

Camila também recomendou que as pessoas não tenham medo de se vacinar quando tiverem a chance. “Não importa qual é a vacina, vacina boa é que está no braço. Agora é hora de acreditar na ciência, que é ela que está salvando vidas”, afirmou.

Para Laís Rodrigues Mohamed Romualdo, que trabalha como técnica de segurança do trabalho da ferrovia da Vale. Ela conta que escolheu o começo da tarde junto outros quatro colegas de trabalho para serem vacinados aproveitando o horário de almoço. “Chegamos agora e o primeiro já foi atendido, agora é só esperar ser chamada para tomar a vacina. Essa é uma chance única e fico muito feliz por isso”, descreveu.

Laís contou que acredita que a maior parte de seus colegas de trabalho vão buscar os pontos de vacinação para serem imunizados. “Praticamente 100% de quem trabalha lá vai ser vacinado, não tem quase ninguém com algum tipo de resistência”, contou.

Para serem vacinados os trabalhadores devem apresentar os seguintes documentos:

– Apresentar documento de identificação com foto;
– Comprovante de pagamento (contracheque) emitido nos últimos três meses com especificação da função; ou
– Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) com especificação da função; ou
– Contrato de trabalho com especificação da função; ou
– Declaração de vinculação ativa como trabalhador de alguma das categorias listadas em Belo Horizonte emitida pela empresa de transporte coletivo rodoviário de passageiros, de transporte coletivo rodoviário de passageiros, transporte metroferroviário ou empresa de limpeza urbana/manejo de resíduos sólidos.

A prefeitura destaca que o trabalhador não pode ter recebido nenhuma outra vacina nos últimos 14 dias e nem ter apresentado sintomas iniciais de Covid nos últimos 30 dias. Os locais de imunização podem ser consultados neste link.

Na sexta-feira (11) será a vez da vacinação dos moradores de BH que têm 56 anos. E, no sábado (12), dos caminhoneiros que fizeram cadastro no site da prefeitura

“Em relação ao grupo prioritário de trabalhadores da indústria, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, já fez contato com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e aguarda o número de trabalhadores a serem imunizados, sendo os industriais o último grupo prioritário previsto no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação”, informou o executivo.

Fonte: Jornal Super / O tempo

CATEGORIAS
TAGS

COMMENTS

Wordpress (0)
Enable Notifications    OK No thanks