Publicidade


Como você se sentiu com essa matéria?

Influenciadores de direita dizem ter aumentado número de seguidores após anúncio de compra do Twitter

Elon Musk disse que decisão de compra do Twitter está relacionada à garantia da liberdade de expressão na plataforma| Foto: EFE/EPA/Britta Pedersen

As ações do Twitter despencaram nesta sexta-feira (13) depois que Elon Musk suspendeu temporariamente a proposta de US$ 44 bilhões para comprar a plataforma. Musk anunciou que ainda está interessado na aquisição e explicou que aguarda dados sobre a proporção de contas falsas presentes no site.

“O acordo está temporariamente suspenso devido à falta de detalhes que expliquem o cálculo de que as contas fake ou de spam representam de fato menos de 5% dos usuários”, escreveu o bilionário em um tuíte para seus mais de 92 milhões de seguidores.

De acordo com a analista da Hargreaves Lansdown, Susannah Streetr, no entanto, Musk já tinha acesso a esse percentual. “Essa métrica de 5% já está disponível há algum tempo. Ele certamente já a teria visto. Portanto, essa espera pode ser estratégia para reduzir o preço”, explica.

Combater os perfis falsos era um dos principais objetivos de Musk em uma eventual compra do Twitter. No dia em que anunciou o negócio, ele afirmou que queria acabar com os robôs, autenticar todos os usuários e abrir o código fonte dos algoritmos.

No início desta semana, ele disse também que reverteria o banimento do ex-presidente dos EUA, Donald Trump, do Twitter, sinalizando a intenção de cortar a moderação do site.

Fonte: Gazeta do Povo

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSO CONTEÚDO

O Portal Notícias BH utiliza algoritimos modernos e inteligentes que vasculham a internet, filtram e integram os melhores conteúdos em formato de postagens, possibilitando assim o acesso rápido e preciso as melhores e mais recentes notícias sobre a cidade de Belo Horizonte e os principais assuntos em destaque na internet.

Publicidade