BH

Destaques: O rival é favorito para o clássico

Todos no Cruzeiro sabem da qualidade técnica do rival neste momento, e é natural este reconhecimento.

Alô, nação azul! Ainda bem que a estratégia do técnico Felipe Conceição de não poupar nenhum atleta pendurado, diante do Coimbra, deu certo. Ele venceu o jogo e não perdeu nenhum titular para o clássico de domingo com o Atlético. Agora vamos ver como será a estratégia do treinador para superar o grande rival, que é o líder da competição, e que montou uma grande equipe. É bem possível que haja mudança no meio campo, com a entrada de mais um volante. Marcinho ainda não soube aproveitar as chances que vem tendo, e Matheus Barbosa tem funcionado mais como meia do que um segundo volante. Conceição sabe que o adversário tem peças individuais que desequilibram, principalmente o argentino Nacho Fernandes, que tem se destacado e que certamente irá merecer uma atenção maior por parte da marcação celeste. Não da para sobrecarregar o jovem Adriano, por isso essa possibilidade real de povoar o meio campo, para tentar equilibrar as ações. Todos no Cruzeiro sabem da qualidade técnica do rival neste momento, e é natural este reconhecimento. Tem que existir o respeito, mas jamais o temor. O jogo tem que ser jogado, e num clássico dessa natureza tudo pode acontecer. Por isso que não existe resultado antecipado, somente depois do confronto.

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Fonte: Jornal Super / O tempo

Redação

O portal noticiasbh utiliza algoritmos com inteligencia artificial para proporcionar a você a seleção das principais notícias da cidade de Belo Horizonte, destaques do Brasil e no Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *