Facebook suspende conta de Maduro após propagar desinformação

Facebook suspende conta de Maduro após propagar desinformação

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

O Facebook suspendeu a página do presidente venezuelano Nicolas Maduro por violar as políticas contra a divulgação de informações falsas sobre o Covid-19 ao divulgar um remédio que ele afirma, sem evidências, pode curar a doença, informou um porta-voz da rede social neste sábado (27).

O Facebook excluiu do ar um vídeo no qual Maduro promove o medicamento porque ele viola uma política contra falsas alegações “de que algo pode garantir a prevenção contra o Covid-19 ou pode garantir a recuperação do Covid-19”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

“Seguimos a orientação da OMS (Organização Mundial da Saúde) que diz que atualmente não há medicamento para curar o vírus”, informou o porta-voz à Reuters. “Devido a repetidas violações de nossas regras, também estamos congelando a página por 30 dias, durante os quais ela será somente leitura.”

O ditador diz no vídeo que o Carvativir, que ele chama de “gotas milagrosas” do médico venezuelano do século 19, José Gregorio Hernandez, que foi beatificado pela Igreja Católica Romana, pode ser usado preventivamente e terapeuticamente contra a covid-19.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

A conta de Maduro no Instagram, que pertence ao Facebook, não será afetada.

Maduro já criticou a rede social por censurar seus vídeos relacionados ao Carvativir.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

“Eles dizem que até que a OMS diga sim eu não posso falar do Carvativir. Quem manda na Venezuela? O dono do Facebook? Quem manda no mundo? O dono do Facebook? Abusadores, Zuckerberg é o nome? É um tremendo abusador”, escreveu Maduro em 2 de fevereiro.

O governo venezuelano também já acusou outras redes sociais, como Twitter e Youtube, de censura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5



Fonte: GAZETA DO BRAZIL

CATEGORIAS
TAGS

COMMENTS

Wordpress (0)
Enable Notifications    OK No thanks