Publicidade

O que são esvaziadores de gordura? Se você já ouviu falar sobre essa tendência do mercado de estética, mas não entende como funciona, saiba mais detalhes a seguir. Conforme a medicina e a tecnologia avançam, surgem cada vez mais tratamentos pouco invasivos.

Uma das novas alternativas para quem deseja reduzir gorduras localizadas são esvaziadores de gordura. O tratamento consiste em esvaziar bolsas de gordura localizada em pontos específicos do rosto e do corpo.

“O principal objetivo do procedimento é remover o excesso de gordura da face; esse acúmulo ajuda com as linhas de descontinuidade e dá o aspecto de que a pessoa está mais envelhecida e cansada. O excesso de gordura na face pode evidenciar o bigode chinês e deixa a linha mandibular descontínua”, explica Willian Ortega.

A técnica vem ganhando o gosto do público. “O procedimento chegou ao Brasil há cerca de três anos e já é muito bem estabelecido, porém, pouco utilizado. A tendência é que ele ganhe mais espaço e que a procura por esse tipo de técnica aumente”, afirma o cirurgião-dentista e especialista em harmonização facial.

Esvaziadores de gordura x harmonização facial

Para a harmonização facial, um dos procedimentos estéticos queridinhos dos famosos, os esvaziadores de gordura podem ser uma potencial tendência.

“Estamos entrando na era da harmonização feita de forma mais natural possível. Por isso, ao invés de ficar colocando muito preenchedor, a ideia será reduzir a gordura, para deixar a face mais fina”, destaca.

Onde o procedimento pode ser realizado?

De acordo com o profissional, o procedimento pode ser feito em qualquer ponto do rosto. “Pode ser realizado em qualquer área que tenha gordura em excesso. As principais áreas são em cima do bigode chinês, na linha mandibular e na região da bolsa dos olhos”, explica Ortega.

Esvaziadores de gordura: saiba quais são as contraindicações

O tratamento com esvaziadores de gordura tem, no entanto, algumas contraindicações. “Pacientes grávidas ou lactantes e pessoas que já têm o rosto muito fino, sem excesso de gordura aparente, não podem fazer o tratamento”, esclarece.

Como é o procedimento?

O cirurgião-dentista dá detalhes sobre como é realizado o procedimento: “A técnica consiste na aplicação de produtos lipolíticos nas regiões com excesso de gordura. Essas substâncias entram em ação e vão eliminando as gorduras dos lugares onde foi injetada. Mais ou menos um mês depois já é possível ver um rosto mais fino”, explica Willian.

É necessário fazer manutenção

O procedimento precisa de uma manutenção. Portanto, para prolongar os resultados, é necessário incluir esse cuidado em sua rotina: “Pelo menos uma vez por ano é preciso fazer a manutenção, principalmente no caso de ganho de peso considerável, pois a região pode voltar a ter o excesso de gordura”.





Fonte: Pure Purple

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSO CONTEÚDO

O Portal Notícias BH utiliza algoritimos modernos e inteligentes que vasculham a internet, filtram e integram os melhores conteúdos em formato de postagens, possibilitando assim o acesso rápido e preciso as melhores e mais recentes notícias sobre a cidade de Belo Horizonte e os principais assuntos em destaque na internet.

Publicidade