Futebol: Cruzeiro obtém decisão favorável e liminar de liberação de Dedé é suspensa

Futebol: Cruzeiro obtém decisão favorável e liminar de liberação de Dedé é suspensa

Zagueiro havia conseguido rescisão unilateral com o clube celeste, mas desembargador acolhe pedido de mandado de segurança da Raposa

O desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MG), Paulo Maurício Ribeiro Pires, suspendeu a rescisão do contrato do zagueiro Dedé com o Cruzeiro. O magistrado analisou o mandado de segurança impetrado pelo clube e acolheu o pedido.

“Impõe-se conceder a liminar requerida para suspender a tutela de urgência deferida pelo Juízo impetrado, de modo que não há falar, por ora, em declaração da rescisão indireta do contrato de trabalho desportivo” – diz a decisão publicada na noite dessa quarta-feira.

Como está afastado dos gramados, em recuperação de lesão, Dedé não teria como comprovar que tem condições de voltar a atuar, conforme alegou o clube celeste no requerimento.

O jogador havia obtido, por meio de liminar, a rescisão unilateral de contrato, no mês passado. Além disso, ele acionou o Cruzeiro na Justiça do Trabalho, onde reclama que está há dez meses sem receber os direitos de imagem, além de seis meses de salários fixos. A defesa do jogador pleiteia um valor de pouco mais de R$ 35 milhões na ação, já que acusa o clube de danos morais, no valor de R$ 3,75 milhões.

 

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Fonte: Jornal Super / O tempo

CATEGORIAS
TAGS

COMMENTS

Wordpress (0)
Enable Notifications    OK No thanks