Futebol: Cruzeiro paga folha salarial de fevereiro e diminui débito com o grupo principal

Futebol: Cruzeiro paga folha salarial de fevereiro e diminui débito com o grupo principal

Clube recebeu R$ 3 milhões pela venda de Cacá ao Japão e ainda deve salários de dezembro, 13º e parte da folha de outubro

Os jogadores do elenco profissional do Cruzeiro tiveram uma boa notícia nesta quarta-feira (17): o salário de fevereiro foi pago integralmente pela diretoria. A folha deveria ter sido quitada no último dia 5, quinto dia útil do mês, e, com isso, a Raposa diminui os débitos que possui com o grupo de jogadores.

O pagamento dos salários de fevereiro aconteceram por conta do recebimento da primeira parcela da venda dos direitos econômicos do zagueiro Cacá, negociado ao Tokushima Vortis, do Japão. Cerca de R$ 3 milhões entraram nos cofres do clube nos últimos dias.

Agora, o Cruzeiro deverá usar o valor recebido pela classificação na primeira fase da Copa do Brasil para acertar o 13º salário de 2020. A Raposa embolsou aproximadamente R$ 2,5 milhões por ter eliminado o São Raimundo (RR).

O clube ainda deve ao grupo principal a folha salarial de dezembro (que venceu em janeiro) e parte da folha salarial de outubro.

Além de parte do dinheiro pela venda de Cacá,  clube também já recebeu valores da negociação do volante Jadsom ao Bragantino, que corresponde a R$ 2,5 milhões.

O Cruzeiro também tem a receber cerca de R$ 13,5 milhões da negociação de Orejuela com o São Paulo. Metade do valor será recebido nos próximos dias. 

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Fonte: Jornal Super / O tempo

CATEGORIAS
TAGS

COMMENTS

Wordpress (0)
Enable Notifications    OK No thanks