Futebol: Galo: Goiás promete ir à Fifa por causa da venda de Léo Sena ao Spezia

Futebol: Galo: Goiás promete ir à Fifa por causa da venda de Léo Sena ao Spezia

Clube esmeraldino não concorda com a negociação feita, mas Atlético se baseia em autonomia do contrato

A venda do volante Léo Sena ao Spezia, da Itália, pelo Atlético, promete dar o que falar. Pelo menos, é o que promete o vice-presidente do conselho do Goiás, Edminho Pinheiro.

O Atlético vendeu 90% dos direitos de Léo Sena ao Spezia, por 1,3 milhão de euros. Nessa negociação, o Atlético permaneceu com 10%, e os 20% do Goiás estavam inclusos na porcentagem vendida.

Em entrevista concedida à rádio Bandeirantes Goiânia, Pinheiro salientou que o Goiás não deseja vender os 20% que possui dos direitos do jogador e que não aceitará os valores que o Atlético negociou.

“O Goiás não quer valores, o Goiás não quer vender seus 20%. O Atlético-MG só tem o direito de vender aquilo que é dele, ou seja, ele tem 80%, ele pode vender os 80%”, em seguida, Edminho confirmou: “O Goiás não tem interesse em vender os 20% dele e quer continuar tendo os 20% deles que temos em contrato. Basta isso, que Atlético-MG e Spezia respeite”.

Procurado pela reportagem do Super.FC, o Atlético ficou de responder sobre o caso, mas até a publicação da matéria, não havia feito. 

 

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Fonte: Jornal Super / O tempo

CATEGORIAS
TAGS

COMMENTS

Wordpress (0)
Enable Notifications    OK No thanks