Futebol: SJTD indefere pedido do Ferroviário, e América segue na Copa do Brasil

Futebol: SJTD indefere pedido do Ferroviário, e América segue na Copa do Brasil

Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol entendeu que não houve erro intencional por parte da arbitragem

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol, Otávio Noronha, indeferiu na tarde desta segunda-feira (19), o pedido do Ferroviário para impugnação do jogo contra o América, pela 2ª fase da Copa do Brasil, onde o Coelho se classificou com pênalti polêmico não validado pela arbitragem.

Na resolução, o presidente alegou que apesar do pedido do Ferroviário ser bem elaborado e apresentar ponderações, o que houve foi um erro de fato da arbitragem, e não um erro de direito. A recusa do pedido foi com base no 2º parágrafo  do artigo 84 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que diz que a petição inicial será indeferida quando ‘faltar condição exigida pelo Código para a iniciativa da impugnação’. 

Na explicação, Otávio Noronha justificou que se a arbitragem tivesse cometido erro no lance, teria sido um erro de fato – que ocorre quando o árbitro tem não consegue detectar o que de fato aconteceu e se equivoca na marcação-, e neste caso do erro de fato a partida não é passível de anulação.

“O que sucedeu, evidentemente, é que a Equipe de Arbitragem concluiu, no lance, que a bola efetivamente não passou integralmente a linha de meta, e se erro por ventura houve, tratou-se de erro de fato, de análise e correção inviável pela via da Impugnação de Partida”, explicou Otávio de Noronha.

O presidente ainda ressaltou que em episódios recentes, como na partida entre Paysandu e Manaus, pela Copa Verde do ano passado, houve situação parecida, e não houve impugnação.

“É impossível deixar de notar sua expectativa de que este Tribunal pronuncie um erro de fato da arbitragem, contrariando sua decisão tomada em campo, ao considerar que a bola não ultrapassou a linha de meta abaixo da baliza”, disse. .

O Ferroviário havia solicitado ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) a impugnação do resultado do jogo contra o América pela segunda fase da Copa do Brasil no dia 16 de abril. A partida foi decidida nos pênaltis, e a cobrança de Adílson Bahia foi invalidada, mesmo a bola ultrapassando a linha do gol.

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Fonte: Jornal Super / O tempo

CATEGORIAS
TAGS

COMMENTS

Wordpress (0)
Enable Notifications    OK No thanks