Brasil

Kajuru: Bolsonaro disse que ‘ia para porrada’ com Randolfe Rodrigues

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Na manhã desta segunda-feira, o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) disse que o presidente Jair Bolsonaro falou, na conversa entre os dois que foi gravada, que iria “para a porrada” com o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). O parlamentar disse que não publicou esse trecho da ligação para “proteger” o presidente. A declaração ocorreu em entrevista para a Rádio Bandeirantes.

“A única parte da entrevista que eu não coloquei, para protegê-lo, foi quando ele ofendeu um senador e falou que ia para a porrada com o senador”, disse Kajuru.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Depois, Kajuru disse que presidente da República se referia a Randolfe:

“Ele fala assim: “eu vou para a porrada com esse senador, Kajuru”. Foi o senador Randolfe”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

Mais cedo, o presidente da República criticou Kajuru por ter gravado e publicado a conversa, mas pediu que fosse então publicada a íntegra da sua fala.

“Eu fui gravado em uma conversa telefônica, está certo? A que ponto chegamos no Brasil. Gravado”, reclamou Bolsonaro em conversa com apoiadores ao sair do Palácio da Alvorada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

Ao ouvir um dos apoiadores dizer que era “sacanagem” a publicação da gravação por Kajuru em suas redes sociais, Bolsonaro respondeu e autorizou a divulgação do diálogo na íntegra.

“Não é vazar. É te gravar. A gravação é só com autorização judicial. Agora, gravar o presidente e divulgar… E outra, só para controle, falei mais coisas naquela conversa lá. Pode divulgar tudo da minha parte, tá?”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5



Fonte: GAZETA DO BRAZIL

Redação

O portal noticiasbh utiliza algoritmos com inteligencia artificial para proporcionar a você a seleção das principais notícias da cidade de Belo Horizonte, destaques do Brasil e no Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *