Lira dirá à Cármen Lúcia que Constituição não lhe dá prazos para analisar impeachment

Lira dirá à Cármen Lúcia que Constituição não lhe dá prazos para analisar impeachment

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Arthur Lira (PP-AL), vai comunicar à ministra do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia que a Constituição Federal não determina prazos para que presidentes da Câmara, analisem pedidos de impeachment contra presidente da República.

Segundo a CNN Brasil, a  área técnica da Casa também devera recordar Cármen Lúcia que isso vale tanto para ele quanto para seu antecessor Rodrigo Maia, que não despachou nenhum dos mais de 60 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro e que foram herdados por Lira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Ontem, a ministra Cármen Lúcia determinou que o presidente da Câmara, se manifeste sobre um pedido apresentado à Corte para que o deputado analise os processos de impeachment contra Bolsonaro apresentados à Casa. A decisão é do dia 13 de abril e dá prazo de até cinco dias para a resposta de Lira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5



Fonte: GAZETA DO BRAZIL

CATEGORIAS
TAGS

COMMENTS

Wordpress (0)
Enable Notifications    OK No thanks