Brasil

Pacheco critica decisão de Barroso, mas diz que vai instalar CPI da Covid

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), criticou a decisão do ministro do Supremo Luís Roberto Barroso, ordenou que o Senado Federal instaure a “CPI da Covid”.  Ele alegou ser um “ponto fora da curva”. “Não é o momento de CPI”, disse Pacheco. No entanto, afirmou que ‘ordem judicial se cumpre’.

“A CPI de pandemia vai ser um ponto fora da curva. E, para além de um ponto fora da curva, vai ser o coroamento do insucesso. Como se pode apurar o passado se não definimos o futuro?”, questiona Pacheco, que vê ameaças a um ambiente de pacificação no combate à pandemia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

O presidente do Senado Federal disse  temer que uma CPI para apurar a responsabilidade do governo federal no enfrentamento da pandemia e se tornar “palanque político para 2022”, com vistas às próximas eleições gerais.

“Decisão judicial se cumpre, porque tenho responsabilidade funcional e física. Será o único órgão a funcionar presencialmente no Senado. Como presidente do Senado, cuidarei para o funcionamento da CPI possa garantir a segurança de saúde dos servidores, dos senadores do que vão ser intimados a comparecer”, disse Pacheco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5



Fonte: GAZETA DO BRAZIL

Redação

O portal noticiasbh utiliza algoritmos com inteligencia artificial para proporcionar a você a seleção das principais notícias da cidade de Belo Horizonte, destaques do Brasil e no Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *