Brasil

STF FORMA MAIORIA PELA PROIBIÇÃO DE CULTOS E MISSAS

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Na tarde desta quinta-feira (08), o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria a favor da proibição temporária de cultos e missas durante a pandemia de Covid-19 no país.

Relator do caso, Gilmar Mendes foi o primeiro a votar pela proibição. O ministro foi seguido por  Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Cármen Lúcia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Os únicos que divergiram até o momento foram Kassio Nunes Marques e Dias Toffoli.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5



Fonte: GAZETA DO BRAZIL

Redação

O portal noticiasbh utiliza algoritmos com inteligencia artificial para proporcionar a você a seleção das principais notícias da cidade de Belo Horizonte, destaques do Brasil e no Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *